June / Junho

Finalmente chegámos ao mês de Junho. É o meu mês preferido por várias razões. Uma delas, a mais leve, é porque o tempo já permite que as roupas pesadas nas cores e na textura sejam substituídas pelos tecidos coloridos e fluidos que o fim da primavera exibe.

Outra razão, a mais significativa, é o facto do mês de Junho marcar o fim do primeiro semestre do ano, semestre esse em que, geralmente, nos propomos mudanças e até inovações. Iniciamos o ano com novos desafios, novos alvos, novas expectativas que, muitas vezes, falecem ao longo do caminho. Só com muito esforço, foco e alguma teimosia os projetos chegam a meio do ano ou ao fim.

E este meu mês de Junho tem esse sabor: o de leveza e de conquista.

Em Dezembro aceitei o desafio de aprender a ensinar. Iniciei em Janeiro e agora, chegada a meio do ano, sinto-me muito satisfeita. Não vou mencionar o cansaço a que acrescentar um desafio à tua já pesada rotina te leva, vou antes frisar a alegria de atingir objectivos. Dia-a-dia, semana a semana, mês a mês a tua visão ganha novos horizontes. E quando ergues os olhos e te situas, é surpreendente o quanto já te afastaste do ponto de partida.

Há momentos assustadores em que pensas que afinal não és capaz. Há outros instantes, muito curtos, em que quase lamentas a pasmaceira da rotina anterior “porque não fiquei quieta no meu espaço de conforto?” Mas na realidade, é esta a adrenalina que procuramos: superar medos e ir além de nós.

E este meu mês de Junho tem esse sabor: o de leveza e de conquista.

O mês de Junho ainda só é o meio do ano. Quem ainda não começou, este é o momento de traçar um plano ( muito importante) e de agarrar o próximo semestre. Quem sabe se Dezembro não será o vosso mês de leveza e conquista?

O que importa é que nos mantenhamos vivos vivos!

Anúncios